domingo, 28 de novembro de 2010

"A Escola Dos Projectos"

«Depois de analisar o suplemento do Jornal Público sobre o Ranking do Ensino Básico e Secundário, editado no dia 15 de Outubro passado, cheguei à seguinte conclusão (sem surpresa para quem vive a escola):
Mesmo sem a inferência dos ausentes (e necessários) indicadores compósitos, as caras da avaliação interna e externa dizem tudo, o facilitismo que reina na escola pública e a segurança que a escola privada tem na preparação dos seus alunos.
Muitos são os factores que contribuem para todo este fracasso da escola pública. Hoje decidi falar da "Escola dos Projectos". Se tivesse optado por "Escola dos Relatórios", "Escola dos Papeis", Escola da Burocracia", "Escola do Acessório" ou "Escola da Treta" estaria, igualmente, em consonância com a realidade.
Relativamente aos projectos dinamizados directa ou indirectamente pela tutela, a procura realizada na página Web do próprio Ministério da Educação veio a revelar-se
extremamente fértil. Em minha opinião, a quantidade de projectos que surgem associados à Educação é directamente proporcional ao desnorte (ignorância) dos seus
protagonistas. Não sabendo como resolver os problemas estruturais (incompetência), os arautos que actualmente gravitam em torno da educação encontram nos projectos a fórmula mágica para a resolução de todos os problemas. "Dinamiza esse projecto que é giro", dizia na semana passada um desses sujeitos. E assim se avança, porque "é giro".
Pouco, ou mesmo nada, importa se aquilo contribui para uma melhor preparação dos
alunos.

Projecto Municipal de Educação
Projecto Educativo de Escola
Projecto Curricular de Escola
Plano Anual de Actividades
Planos Curriculares de Turma
Projecto do Desporto Escolar (Andebol de Praia, Comité Olímpico de Portugal, Compal Air 3x3; Corta-Mato, FitnessGram, Gira Volei, IndoorKayak, Jogos da Lusofonia, MegaSprinter, Nestum Rugby, O Bicas na Escola, Programa Pessoa, Taça Luís Figo, Tri-Escola)
Projecto da Mediação de Conflitos
Projecto da Educação para a Saúde
Projecto da Protecção Civil
Plano Nacional de Leitura
Plano de Acção para a Matemática
Plano Tecnológico de Educação
Projecto TurmaVirtual
Programa Criativos
Concurso Viagem ao Futuro com as Células Estaminais
Passatempo Desafio Verde nas Escolas
Programa Mundial das Escolas Inovadoras
Concurso a Europa Sou Eu
Iniciativa 1001 Músicos
Projecto Juventude Saber com Normas
Programa Green Cork na Escola
Projecto TurmaMais
Projecto Fénix
Programa Espaço NOESIS
Projecto Ciência na Escola (Fundação Ilídio Pinho)
Projecto Saber com Normas
Projecto DECOJovem
Concurso Escolar Europa no Mundo
Concurso Ciência Hoje/Ciência Viva
Programa Educativo do Museu
Nacional de Arqueologia
Projecto eTwinning
Projecto MUS-E
Concurso Limpar Portugal
Iniciativa e.Skills Portugal
Concurso Jovens Cientistas e Investigadores
Concurso o Meu Mapa
Projecto Sons da Escola
Concurso Grande Será o Nosso Futuro
Projecto Europeu da Internet Segura
Os Neurocientistas Vão à Escola
Projecto a Europa dos Resultados
Projecto Educação para a Cidadania Democrática e para os Direitos Humanos
Concurso Criatividade Grande C
Programa Mais Sucesso Escolar
Projecto Atua Por Uma Cidadania Global
Projecto Europa das Descobertas e das Inovações Científicas
Projecto SEF vai à Escola
Concurso Rali Escolar
Projecto Laboratório Oceano - A Escola e a Ciência dos Oceanos
Concurso a Europa Mora Aqui
Olimpíadas da Energia e das Alterações Climáticas
Projecto e-learning
Projecto n&n's (nanociências e nanotecnologias)
Projecto Já Sei Ler
Concurso Faz Portugal Melhor
Programa Descobrir
Concurso Twist - a tua energia faz a diferença
Projecto Ciências na Escola 2Cn=e (FCT da UNL)
Programa República nas Escolas
Projecto SeguraNet
Projecto Escola-Electrão
Projecto Portugal Tecnológico
Iniciativa Inside - Arte e Ciência
Concurso Rock in Rio Escola Solar
Concurso As Línguas Abrem Caminhos
Projecto Novas Oportunidades a Ler +
Concurso eLearning Awards
Projecto Portal Planeta Vida

Projecto e-Bug em Portugal
Projecto Ler+, Agir contra a Gripe
Concurso Innovating Minds
Projecto Escola Móvel
Projecto Passaporte Cultural
Projecto ComCiência na Escola - Encontros e Desafios
Projecto Pedagógico recorrendo ao portátil Magalhães
Concurso Região com Futuro
Projecto Juventude (IPQ)
Projecto Escola. Futebol. Cidadania.
Projecto Mundo das Profissões
Concurso Nacional para Jovens Cientistas e Investigadores
Projecto Casa das Ciências (Gulbenkian)
Concurso Escolar A Minha Escola Adopta: um museu, um palácio...
Projecto Cinemateca Júnior
Projecto Ser um dia para um dia ser
Projecto Investigação sobre Factores de Sucesso Escolar
Projecto As Lições de Bach
Programa Aprendizagem ao Longo da Vida
Projecto The Pizza Business Across Europe
Projecto Biblioteca de Livros Digitais
Concurso A minha escola e a prevenção da infecção VIH/sida
Projecto Comunicação e Sensibilização para o Mar
Projecto Científico MHADIE
Projecto Incentivo à Leitura
Concurso de superTmatik Cálculo Mental
Projecto Eleonore Digital - Software Livre
Projecto Prosepe - Clube da Floresta
Projecto Escolas-Piloto de Alemão
Projecto Ler+ dá Saúde
Projecto Parlamento Europeu da Ciência
Concurso TNT Tou na Net
Concurso A minha escola contra a discriminação
Iniciativa Ler+ em vários sotaques
Projecto DADUS
Projecto Leitura em Vai e Vem
Projecto Fazer TV
Projecto Escola na Natureza
Concurso Dia da Internet Segura
Projecto Portal SKOOOL
Concurso A União Europeia e a não discriminação
Projecto Visão Verde
Concurso Nacional de Jornais Escolares
Projecto pela Inclusão Social
Iniciativa Regresso à Escola
Concurso Cidades Criativas
Projecto Nacional de Educação para o Empreendedorismo
Projecto Linha Alerta
Projecto Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Droga
Projecto Comenius Educação Inclusiva
Projecto Onde Te Leva a Imaginação

Onde fica o espaço para o desenvolvimento dos saberes relativos às áreas curriculares disciplinares?
Acreditamos, ou não, no ensino por disciplina?

Quanto mais transdisciplinar é uma formação, mais vaga e fluida se torna a sua aplicação (D, p3, Parecer n.º 2/2009 do CNE)

Eu acredito»

Num excelente e certeiro poste, de Rui Ferreira no Blog do Octávio Gonçalves, re-postado por Mário Leite, põe-se a nu o verdadeiro estado da educação em Portugal: não há rumo, os conhecimentos e os conteúdos não têm valor, a escola pública não prepara os seus alunos como a escola privada, enfim, a educação na escola pública é uma área de projecto dirigida por incompetentes.
Nas escolas públicas sobra em projectistas o que falta em professores, sobra em políticos o que falta em gestores, sobra em treta o que falta em saberes, sobra em projectos o que falta em segurança, em vigilância, em apoio ao ensino, em responsabilidade, em transparência, em ensino, em educação...
Nem mais.
Reitor

7 comentários:

  1. Na mouche. Não podia concordar mais consigo. É esta a triste realidade da escola pública.

    ResponderEliminar
  2. Olá Reitor,
    Lamento, mas o "excelente e certeiro post" não é do Mário Leite.
    Estranho a tua distracção e a do Ramiro, pois, o seu a seu dono. O texto "Escola dos Projectos" é um magnífico post que o Rui Ferreira publicou no meu blogue, de que ele é colaborador, no dia 22 de Outubro de 2010. Está em http://octaviovgoncalves.blogspot.com/2010/10/escola-dos-projectos.html
    Abraço,
    Octávio V. Gonçalves

    ResponderEliminar
  3. Excelente. Faltam na lista mais de 50 mil projectos. Quase todos os professores têm um. Há professores que têm mais de três.

    ResponderEliminar
  4. Tens razão Octávio. O dono do poste é o Rui Ferreira e não o Mário Leite. Não me custa nada dar o braço a torcer. Já fiz a correcção que se impunha.
    Ah! Eu sou distraído, não estranhes...
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Pois...

    Todas as privadas que conheço (cidade do Porto):

    Têm uma percentagem de alunos a participar em projectos/actividades extra-curriculares muito superior às escolas públicas.

    O colégio com média mais elevada está cheio deles, basta percorrer o site (www.colegiodorosario.pt)

    Mais, no momento de selecção de trabalhadores as empresas preferem quem desenvolveu actividades "para-curriculares" ao longo do seu percurso escolar.

    Mais, se se derem ao trabalho de consultar os critérios internacionais de avaliação das universidades a dimensão "investigação, intercâmbios, projectos, empreendedorismo" é das mais relevantes.

    ResponderEliminar
  6. Não vejo nada, Ricardo.
    Pelo contrário, vejo poucos projectos no Plano de Actividades: http://www.colegiodorosario.pt/CNSR/Documentos/PAnual1011.pdf
    quase nenhuns

    ResponderEliminar
  7. Isso é o plano anual, onde básicamente descrevem a escola: calendário, turmas, Dt´s.

    Sei que no dia a dia há vários projectos, vê-se no histórico de notícias.

    (anda lá um sobrinho meu, no 6.º ano, que curiosamente deixou a pública (clara de resende), por, segundo a mãe dele, não se passar nada, não existir "cultura de escola" e os horários serem péssimos (maioritariamente de tarde).

    ResponderEliminar