domingo, 25 de abril de 2010

Rectificação: Quem Reuniu Em Congresso Foram Os Sindicalistas, Não Os Professores

Lê-se no diário Económico que

"Acabou a paz nas escolas. Os professores estão desde ontem reunidos em Congresso para decidir com que armas vão lutar"

Não foram os professores que estiveram em Congresso. Foram os sindicalistas. Coisa bem diferente.

A diferença que há entre professor e sindicalista é a diferença que se julga não haver entre 800 e 800, quem isto não entender à primeira vez não merece que lhe expliquem segunda.

A última vez em que vimos os professores reunidos foi em 8 de Novembro de 2009. Juntaram-se 120.000 em Lisboa que, na falta de outro a jeito, viram o sindicalista Mário Nogueira em bicos-de-pés e fizeram-no prometer, ali mesmo, que a "luta" só parava quando o modelo de ADD fosse suspenso.
O Mário Nogueira depressa esqueceu o prometido e, num abrir e fechar de olhos, intrujou os professores. Não os sindicalistas. Em 8 de Janeiro assinou com a Isabel Alçada o"acordo" que mantém o mesmo modelo de avaliação.
Quanto à "luta", o professor Guinote já veio contrariar as ideias deslumbrantes do sindicalista-mor, ratificadas por 800 delegados sindicais reunidos em Montemor-o-Novo, colocando as coisas no ponto certo: não há tempo para uma greve e as acções judiciais vão dar em nada.
Reitor

7 comentários:

  1. “Não foram os professores que estiveram em Congresso. Foram os sindicalistas. Coisa bem diferente.”
    Humm… estou mesmo a ver a diferença. É que não me passou pela cabeça a possibilidade de ver por lá infiltrados, maquinistas, médicos, polícias, ou gestores?

    ResponderEliminar
  2. Ah! Por falar nisso, a quantos alunos dá aulas o Nogueira?
    É professor de quê?

    E os infiltrados que negociaram o "acordo" com a "Sorrisos"? Não foram no congresso?

    ResponderEliminar
  3. Em sessão dinamizada por mim...

    Sugestão: os sindicalistas têm-se sentido muito maltratados pelos professores e, sobretudo, pelos escritores de blogues a quem, como sempre de forma paupérrima de imaginação e inteligência, chamam activistas de sofá, temíveis combatentes da pantalha ou coisas desse tipo. Estou de acordo, pelo que creio que devem formar, quanto antes, um sindicato de sindicalistas para melhor defenderem os seus interesses.

    http://porquemedizem.blogspot.com/2010/04/para-quando-o-sindicato-dos.html

    ResponderEliminar
  4. Um sindicato anti-sindicatos? LOL
    Essa a melhor que já li nos últimos tempos... LOL

    ResponderEliminar
  5. "Não foram os professores que estiveram em Congresso. Foram os sindicalistas." Completamente de acordo!

    Francisco Trindade

    ResponderEliminar
  6. E, pela foto que documenta este "post", os "reitores" estiveram a assistir!

    ResponderEliminar